.CHEIAS EM RIO DE MOINHOS - 1979

Terça-feira, 16 de Setembro de 2008

Alteração do Trânsito em Rio de Moinhos

Pelas 21 horas do dia 18 de Setembro de 2008 , vai realizar-se na Sede Social de Rio de Moinhos uma Assembleia de Freguesia Extraordinária a fim de falar e discutir a alteração do trânsito do núcleo urbano de Rio de Moinhos assim como a sua toponímia.

Com o aumento significativo de automóveis que transitam dentro da aldeia urge uma solução para minimizar as filas ou até mesmo evitá-las.

 

 

Muitas pessoas passam por dentro de Rio de Moinhos para ir até Aldeinha, Pucariça, Aldeia do Mato, Barragem de Castelo Bode, etc. ...

Muitas vezes torna-se complicado visto o estacionamento ser realizado de qualquer maneira e sem respeitar o código da estrada.

Vários anos à espera deste momento para que, de uma vez por todas, o trânsito em Rio de Moinhos possa ser mais rápido e assim evitar filas e filas de automóveis no coração da aldeia.

Por isso, a Junta de Freguesia apela a todas as pessoas, Riomoinhenses ou não que queiram assisitir e dar o seu contributo que estejam presente nesta sessão a fim de aumentar a qualidade de vida dos habitantes e sobretudo dos seus condutores.

NOTA: Os documentos podem ser consultados na sede da Junta de Freguesia.

Aqui fica um apontamento da alteração do trânsito

 

 

Já ouvi alguns comentários sobre a marcação do dia e a hora desta Assembleia de Freguesia Extraordinária visto coincidir com o jogo do Benfica.

Por acaso esta Assembleia teve consenso de todos os membros da Assembleia e do executivo da Junta na última Assembleia de Freguesia realizada na Pucariça. Por acaso ninguém se tinha lembrado deste jogo da Taça UEFA.

No entanto, o futuro da Freguesia de Rio de Moinhos está para nós todos acima de qualquer jogo de futebol ou de qualquer telenovela que esteja a dar nas televisões.

 

Cá entre nós ... 

É por isso que o nosso país está como está, não acha?

 

Quem estiver interessado em participar e dar o seu contributo - apareça

 

Aos outros que querem ficar a ver o jogo ou a telenovela - Muito Cuidado! não poderão criticar nem depois de amanhã nem nunca mas poderão comentar a exibição do Benfica e sobretudo a influência que teve na alteração do trânsito de Rio de Moinhos.

 

Tenho dito 

tags:
publicado por riodemoinhos às 23:49
link do post | comentar | favorito
|
24 comentários:
De José Eduardo Martins a 17 de Setembro de 2008 às 10:27
Caro Rui André, Exm. Presidente da J.F.de R.M.: Como trabalho em Lisboa não vou poder estar presente. No entanto não quero deixar de lembrar que caso seja instituído o sentido único (um que sobe e outro que desce) deverão ser criadas algumas lombas quer na Rua Direita quer na Chã, para que a velocidade de circulação seja reduzida. A questão da circulação dos peões (muitas delas pessoas já com bastante idade e crianças) também me preocupa pois não temos passeios nas nossas ruas. Também por este motivo a velocidade terá que ser reduzida com as referidas lombas. Um abraço e bom trabalho.
De tiri-ri a 17 de Setembro de 2008 às 14:13
Caro amigo e Presidente da Junta de Freguesia, os meus parabens pela alteração do transito em RM , quanto a reuinão extraordinária só peca por tardia, concordo com a alteração, porem penso, que no caso concreto da rua Direita, sentido ascendente, o mesmo deveria ser só para pesados, e os ligeiros poderem, circular nos dois sentidos, pois parece que já estou a ver os aceleras, é sempre a abrir pois não vem lá ninguem , quanto a rua Dr. João de Deus poderia continuar com os dois sentidos tanto para pesados como ligeiros, concordo tambem com umas lombas, para se poder reduzir o excesso de volocidade que pratica na nossa terra em especial na nacional, ainda esta manha passou uma moto quatro, no «fundo da aldeia» que até parecia que estava a participar no Raid de Fronteira, sem mais os meus cumprimentos, Fmqs .
De PZ a 17 de Setembro de 2008 às 14:43
Caro Presidente da Junta de Freguesi, subscrevo quase integralmente os caros amigos que deixaram a sua opinião. Só não sou simpatizante das lombas, penso mesmo ilegais, sei que os semáforos são caros... mas é necessário reflectir com cabeça sobre as velocidades.
Cumprimentos a quem procura fazer e não se limita à má lingua e mau fundo instalados
De Anónimo a 17 de Setembro de 2008 às 17:38
Sr.Presidente e amigo é o País que temos por isso é que estamos na cauda da União Europeia, é mais fácil acusar os outros do que fazer parte das tomadas de decisão .
A verdade é que a maioria das pessoas não estão preparadas para tomar decisões e depois dizem que os politicos é que tem a culpa de tudo.
J.P. Rosado
De Amigo da Terra a 17 de Setembro de 2008 às 19:41
Finalmente as confusões de transito, principalmente no inicio e final dos dias ( quando passa o autocarro ) vão acabar! Não sei se a Rua Dr. João de Deus irá ter os 2 sentidos, mas se tal acontecer, deverão ter em conta o espaço reduzido quando se chega ao Adro. De resto concordo que se façam alterações, mesmo que para tal uma pessoa tenha de dar a volta a aldeia inteira para ir para um determinado sítio. Noutras localidades as pessoas não têm tudo como querem e ao pé da porta, o bem comum é mais importante do que o individual! Tal como nos outros comentários, também concordo com lombas ao longo das ruas mais compridas, de modo a que estas não se tornem pistas de corridas para alguns condutores!
Cumprimentos e continuação de Bom Trabalho!
De tz a 18 de Setembro de 2008 às 09:35
Apesar de impossibilitado de consultar pormenorizadamente os elementos do processo, as seguintes notas:
Há assim tanto stress no tráfego de Rio de Moinhos que justifique esta despesa e transtorno?
Há aí uns indicadores de tráfego que ajudem à decisão? Houve acidentes? Quantos? As filas de carros são de que tamanho? O desrespeito pelo código da estrada já sabemos, é uma constante nacional, mas será indo de encontro à vontade de automobilistas desrespeitadores que se melhora a mobilidade e o civismo?
Foi avaliado executar uma "variante"? Por exemplo ligando a Abrançalha ou o Paul directamente à Aldeinha ou à Pucariça? Não se ganhariam aí uns kms e uns minutos na viagem entre "a cidade e os matos" acabando com o problema do atravessamento de Rio de Moinhos?

"Muito Cuidado! não poderão criticar nem depois de amanhã nem nunca" ... fica mal, não é necessário, não é assim que se apela à participação. Medidas deste tipo são sempre reversíveis, exige-se até que sejam monitorizadas para se saber se produzem efeitos positivos. E discutir estas coisas é sempre importante, em especial nesta http://www.mobilityweek.eu/.

TZ




De Paco arquense atenta a 19 de Setembro de 2008 às 12:11
Apesar da minha participação nas actividades da aldeia se restringir a uns parcos fins de semana, não posso deixar de apreciar o trabalho que tem sido desenvolvido, pelos nossos representantes na Junta de Freguesia, que em jeito de voluntariado tem procurado melhorar a qualidade de vida dos aldeões, através da melhoria das infra-estruturas e dos serviços básicos num contexto político desfavorável.
Concordo totalmente com a alteração do tráfego rodoviário, aliás era um problema à muito comentado nas conversas informais, pelo que não percebo as vozes discordantes. A largura das estradas associada a um certa dose de falta de civismo no estacionamento dos veículos constitui um dos maiores problemas a quem tenta por lá passar!!! As velocidades limite dentro das localidades, à muito que estão estabelecidas no código das estradas. Só falta apelar ao bom senso!!!

saudações lusas
De tiri-ri a 25 de Setembro de 2008 às 01:11
Assunto : Reunião na Sede Social.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Assunto : Reunião na Sede Social. <BR class=incorrect <a name="incorrect">Motivo:Alteração</A> </A>no transito automóvel em R.M . <BR class=incorrect <a name="incorrect">Carissimo</A> </A>amigo e Presidente de Junta da Freguesia de Rio de Moinhos, começo por saúda-lo cordialmente. Bem uma questão, a reunião efectuada na Sede Social teve que finalidade? esclarecer as pessoas? apresentar um facto consumado? ou pedir opiniões ? ouvir as pessoas e aceitar sugestões? Bem parece que a empresa que está a colocar os ditos sinais de transito , prosseguiu com a sua colocação como se nada se tivesse passado. Era de esperar, que depois da dita reunião se tivesse ponderado e alterado algo, mas me parece não ser o caso, ou será que estou enganado, Será possível dar algum esclarecimento, desde já os meus agradecimentos , obrigado e bem haja sou Fmqs .
De tiri-ri a 27 de Setembro de 2008 às 13:44
Ex.mo Sr. Francisco Marques
As minhas sinceras saudações virtuais.
Respondendo directamente as suas questões a fim de ficar claro esta situação: Como disse na Assembleia de Freguesia extraordinária:

1. A marcação das Assembleias de Freguesia são da única e exclusiva responsabilidade da mesa da Assembleia e dos seus membros (Decreto Lei n.º 169/99)

2. O executivo da Junta de Freguesia solicitou na Assembleia de Freguesia ordinária realizada na Pucariça a marcação e a realização de uma Assembleia de Freguesia extraordinária a fim dos membros da Assembleia de Freguesia e público em geral pudessem consultar os documentos na sede da Junta de Freguesia.
Nota: só 3 pessoas e 2 membros da Assembleia de Freguesia foram consultar os documentos no espaço de quase uma semana (número muito reduzido, não acha?)

3. A câmara municipal, a pedido desta Junta de Freguesia e dos anteriores executivos, concorreu a um programa de sinalização da cidade de Abrantes onde colocaram no programa, o trânsito no núcleo urbano de Rio de Moinhos.

4. Os técnicos da Câmara Municipal fizeram o projecto, vieram no local, tiraram medidas etc. ..... e realizaram o projecto final sem nunca consultar a Junta de Freguesia.

5. A Câmara Municipal enviou no início do mês de Agosto, um edital que a Junta de Freguesia afixou nos placares públicos da freguesia. Durante o período de consulta (30 dias), a Junta de Freguesia recebeu uma só carta (do Sr. Lino) sobre o assunto que encaminhou para a Câmara Municipal (viste ser esta a entidade responsável pelo projecto). Poderá questionar-me que a altura deste edital foi o mais adequado viste ser no mês onde as pessoas estão fora (também acho o mesmo mas a câmara decidiu enviá-lo na mesma). Nota: o direito a informação nesta democracia é estar atento, escrever sugestões ou críticas, reclamar dentro do prazo, informar-se junto de quem sabe e não nos cafés a deriva de opiniões menos acertadas. Nos dias de atendimento que eu tenho, as segundas e aos sábados, só 4 ou 5 pessoas foram perguntar informações sobre o edital relativo ao trânsito (curioso para uma democracia implementada há mais de 34 anos, não acha?).

6. Nunca houve da parte da Câmara Municipal nenhuma reunião sobre o projecto até ao dia 16 de Setembro de 2008 onde o Sr. Vereador mostrou-me o projecto em desenho que levei a Assembleia de Freguesia.

7. A realização desta última assembleia teve a concordância de todos os membros (dia e hora) e foi aprovado por unanimidade. Como esteve presente na referida sessão, pode constatar que o membro da Assembleia (Sr. José Victor) não sabia de nada, nem do dia nem dos documentos.
Nota: Acha normal para quem foi eleito para a Assembleia? Distracção ou incompetência? Não vou julgar...

8. A Assembleia serviu para explicar toda esta situação que acabo de resumir (essencial para podermos discutir todos com os dados todos, mesmo assim algumas pessoas não estavam com atenção, infelizmente).
Serviu para ouvir sugestões, alterações, críticas enfim tudo o que as pessoas quisessem apresentar na Assembleia (viste estarmos numa democracia).
Não foi apresentado nenhum facto consumado mas sim um projecto da Câmara e não da Junta de Freguesia (eis a grande diferença);
Aceitar sugestões não quer dizer concordar com elas mas sim apresentá-las na Câmara Municipal onde os técnicos irão estudá-las.
Tinha informado que a empresa que coloca os sinais executa aquilo que a câmara manda fazer, não é a Junta de Freguesia que pode impedir tal trabalho viste que não foi a Junta a contratar a empresa mas sim a Câmara.
Informei: que no dia seguinte a Assembleia, iria solicitar a marcação de uma reunião urgente com o vereador Pina da Costa (ainda estou a aguardar resposta).
Informei: que existe na sede da Junta de Freguesia um resumo das sugestões que foram apresentadas na reunião e que qualquer pessoa poderia ver o tal resumo e acrescentar alguma informação que tivesse escapado ao Mota (que fez o resumo viste eu estar a falar e responder as questões).
Informei e ficou também decidido que na reunião com o vereador eu iria entregar o resumo da assembleia e que se a reunião marcada com ele não for realizada até ao dia 7 de Outubro.

De José Vitor Marques de Matos a 30 de Setembro de 2008 às 13:15
Exmo. Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Rio de Moinhos

Embora não goste de responder por meios aos quais nem toda a gente tem acesso, pois considero isso uma cobardia, apenas informo V. Exa. do seguinte:
- Regimento da Assembleia de Freguesia no seu Artº 28º, nº 2, sob a ordem do dia diz: "A ordem do dia é entregue a todos os membros com antecedência sobre a data do inicio da reunião de, pelo menos, dois dias úteis, enviando-se-lhes, em simultâneo, a consulta da respectiva documentação."
Isto a propósito da pseudo aprovação/alteração do nome de duas ruas na Pucariça , que tanto eu como o Público não chegaram a saber quais eram!!!
Prepotência/Incompetência/Distracção???
José Vitor Matos
Membro do Grupo PS da Assembleia de Freguesia
De riodemoinhos a 30 de Setembro de 2008 às 16:16
Ex.mo Sr. José Victor
Agradeço o seu comentário embora não concorde com ele.
Passo a explicar:
Na Assembleia de Freguesia ordinário ficou decidido por unanimidade (onde o Sr. votou) que a Assembleia de Freguesia extraordinário seria naquele dia e que os membros seriam automaticamente convocados sem necessidade de qualquer tipo de convocatória e que os documentos poderiam ser consultados na sede da Junta de Freguesia até a data da Assembleia.
Se não se lembra desta votação, deve perguntar aos seus colegas de bancadas, membros da Assembleia ou até mesmo aos presentes do público.
Mais informo que a marcação desta Assembleia é da exclusiva responsabilidade da mesa da Assembleia de Freguesia e não do executivo da Junta (como era antigamente, infelizmente).
O que o executivo fez foi apresentar uma proposta que por acaso foi aprovada por unanimidade.
Prova disso que algumas pessoas da Assembleia como do público presente foram durante a semana a sede da Junta de Freguesia consultar os respectivos documentos.
O executivo propõe e executa.
A Assembleia delibera e aprova.
Concordando ou não, é assim a orgânica desta democracia.
Os meus cumprimentos autarticos.
Rui André - Presidente (independente) apoiado pelo PSD
De Amigo da Terra a 5 de Outubro de 2008 às 22:38
Ex.mo Sr. Presidente da Junta de Freguesia, os meus cordiais e sinceros cumprimentos.

Bem... estou a ver que a "Vida Política" em Rio de Moinhos anda muito animada... e que, afinal, também acompanham a evolução das novas tecnologias, pelo menos após ter verificado a troca de ideias/opiniões entre os representantes políticos eleitos democraticamente pelo POVO de RM . (estou a referir-me aos últimos comentários feitos no seu Blog!)

Os tempos mudam e, pelos vistos, R.M . está na vanguarda a nível nacional (após o Governo) pelo menos no que concerne ao uso de novas tecnologias (computadores) que as pessoas usam para, como referi anteriormente, trocarem de ideias/opiniões sobre diversos temas. Se isto chega aos ouvidos do “Nosso” 1º Ministro, este quererá certamente lançar mais um desafio tecnológico ao nosso país… que tal lançar um novo programa, relacionado com computadores para autarcas locais (até já posso deixar um nome original... já temos a homenagem ao Vasco da Gama, numa ponte, ao “Magalhães”, nuns PC para as escolas, só falta ao "Cabrão" alias, ao “Cabral”, para o novo desafio político dos computadores para os autárquicos… para alguns poderia ou deveria ser mesmo “Cabrão” ele há cada um!) até porque como o Sr. Presidente da CMA já fez um investimento tão grande nos portáteis para as escolas (1 portátil para 2 alunos), e que só agora o Sócrates se lembrou do “Magalhães”, o que irão fazer aos referidos portáteis? Poderiam “doá-los” aos representantes autárquicos!

Relativamente a alguns comentários, gostaria de perguntar a algumas pessoas o que fizeram em prol do desenvolvimento da nossa freguesia nos últimos 34 anos de “Democracia (disfarçada)” (neste aspecto estou perfeitamente de acordo consigo) em que eram sempre os mesmos nos órgãos de decisões! Há alguns dinossauros políticos em RM que se mantêm de pedra e cal e que ainda não tiveram a capacidade (intelectual) ou a humildade para reconhecerem que NADA fizeram, mas apenas gostam de achar que são alguma referência para o Povo...

Será que o Sr. Presidente tem defeitos? Tê-los-á com certeza… Será que também se irrita? (Se fosse comigo, não teria nem a metade da paciência que tem para aturar cada comentário que se tem ouvido). No entanto, seria interessante saber o que fizeram os anteriores executivos durante os seus mandatos… Aqui fica uma proposta para os Ex executivos virem dar a cara, mencionando as obras/decisões importantes que tomaram ao longo de anos e anos à frente da Junta!!! Nem me atrevo a tentar mencionar as suas obras (que já foram muitas!), mas bastaria apenas uma para que algumas pessoas deixassem de FALAR (pelos vistos esse é um dos seus defeitos) que é o da CAIXA MULTIBANCO, que afinal demorou tanto tempo a ser colocada… Esteve a Junta de Freguesia com um buraco durante tantos meses… mas o que é certo é que já lá está e o Sr. Presidente nem sequer trabalha ou trabalhou num banco, ao invés de membros da Assembleia que já fizerem parte de Executivos… enfim! É fácil vir agora criticar e exigir que o Sr. Presidente faça num mandato o que não foi feito em 34 anos!!!

Quanto ao partidarismo, o Sr. Presidente é INDEPENDENTE, apesar de ter o apoio do PSD e sei que já votou favoravelmente nalguns orçamentos da CMA , ora isso revela a verdadeira democracia que deveria existir, não só em RM , como nas Câmaras Municipais e até mesmo na Assembleia da República, como o tão famoso deputado do CDS, no caso do queijo Limiano! Assim deveriam trabalhar todas as pessoas que são eleitas, devem prestar contas ao POVO e não meter o rabo entre as pernas e abanar a cabeça aos líderes partidários aos quais se subjugam, na esperança de manter o “tacho” de uma forma facilitada, já que não o conseguem por mérito próprio!!!

Continue a defender os seus DIREITOS e FALE, nós queremos OUVI-LO , porque sabemos que assim não se VENDERÁ e continuará a manter as sua ideias e opiniões em prol de Rio de Moinhos!
De Liberdade a 9 de Outubro de 2008 às 20:07
Fiquei chocado com as verborreias do Amigo da Terra!
Aproveito para o lembrar, quanto à Democracia "mascarada", que é graças à dita Democracia que você escreveu as barbaridades que são conhecidas.
Também lhe digo que após o glorioso 25 de Abril de 1974, todas as eleições no nosso país foram livres, como tal, as pessoas que nos governaram (bem ou mal), nomeadamente a nível autárquico, foram eleitas pelo povo.
Aproveito para prestar a minha homenagem a dois grandes Presidentes da Junta, o já falecido Sr. José Estrela e o Sr. Joaquim Bento, que deixaram obra e zelaram pelo bem estar da população, ao contrário dos últimos anos em que as vaidades pessoais são equiparadas à arrogância, prepotência e à incapacidade governativa com que temos sido (des )governados por esta Junta, que até agora nada fez, além de Passeios dos Idosos.
Cordiais saudações para todos os Riomoinhenses (genuínos).
Viva o 25 de Abril !
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Fiquei chocado com as verborreias do Amigo da Terra! <BR>Aproveito para o lembrar, quanto à Democracia "mascarada", que é graças à dita Democracia que você escreveu as barbaridades que são conhecidas. <BR>Também lhe digo que após o glorioso 25 de Abril de 1974, todas as eleições no nosso país foram livres, como tal, as pessoas que nos governaram (bem ou mal), nomeadamente a nível autárquico, foram eleitas pelo povo. <BR>Aproveito para prestar a minha homenagem a dois grandes Presidentes da Junta, o já falecido Sr. José Estrela e o Sr. Joaquim Bento, que deixaram obra e zelaram pelo bem estar da população, ao contrário dos últimos anos em que as vaidades pessoais são equiparadas à arrogância, prepotência e à incapacidade governativa com que temos sido (des )governados por esta Junta, que até agora nada fez, além de Passeios dos Idosos. <BR>Cordiais saudações para todos os Riomoinhenses (genuínos). <BR>Viva o 25 de Abril ! <BR class=incorrect <a name="incorrect">Ass</A> </A>. Liberdade <BR><BR>P.S. Quanto ao multibanco, o Senhor está muito mal informado, pois devia saber que até há bem pouco, não eram instalados multibancos em localidades com menos de 5000 (cinco mil) habitantes.
De riodemoinhos a 9 de Outubro de 2008 às 22:57
Liberdade,
Os meus cumprimentos por ter comentado neste meu blog pessoal sobre a nossa freguesia.
De certo estou convencido que todos os riomoinhenses gostam da sua freguesia e que todos querem o melhor.
Só gostaria de lembrar que o Liberdade deve ser muito novo e com muito pouca experiência.
Ora veja:
Antes do ano de 2001, as assembleias de freguesias eram realizadas na sede da junta de freguesia.
Sabe porquê?
Para que muito pouca gente pudesse estar presente e participar de uma forma menos activa.
Fui eu que introduzi a Assembleia de Freguesia na Sede Social, em Amoreira e na Pucariça a fim de descentralizar e ouvir toda a gente.
Será isso Ditadura? não creio
Se quiser consultar as actas das Assembleias de Freguesia dos anos anteriores a 2001, terei todo o gosto em lhe mostrar na Junta visto o livro das actas não poder sair de lá mas pode ser consultado.
Tenho a certeza que as suas afirmações seriam infundadas.
Sabia que antigamente as pessoas pensavam que o presidente da Junta mandava na freguesia até mesmo os membros da Assembleia.
Tenho a certeza que o Liberdade sabe um pouco de democracia e da lei que confere as competências as Juntas e as Assembleias.
O executivo propõe e execute
A Assembleia delibere e aprova
Ou seja, a Assembleia manda mais que o executivo da Junta de Freguesia.
Todos os presidentes de Junta fizeram o seu trabalho nas condições da altura. Não os critico por isso.
Se quiser saber mais sobre os trabalhos que este executivo tem feito há 3 anos, terei todo o gosto em lhe mostrar.
Não foram só os passeios dos idosos que foi feito.
O brasão da freguesia foi publicado no dia 24 de Maio de 2006, retirando o anterior que estava fora de lei tambem lhe digo que o Sr. Joaquim Bento tentou fazer o melhor que podia mas neste assunto não conseguiu). Nós conseguimos pelo povo e não pelo nosso nome que agora pode-se orgulhar de ter um brasão legal e registado no Diário da República.
Pode ver o que conseguimos com o novo centro escolar. A carta educativa foi aprovada no dia 29 de Maio de 2007 pela ministra da educação (pode ver o meu comentário ao Bruno Jacinto).
Se tiver alguma dúvida sobre isso, terei todo o gosto de lhe mostrar pessoalmente.
Relativamente a Caixa Multibanco tenho a dizer que foi graças a este executivo que está colocada. Foi uma parceria muito difícil de conseguir viste a nossa população estar cada vez mais a diminuir. Teria sido mais fácil há 15 anos atrás mas não foi possível, penso eu (mas tb é preciso saber convencer os bancos. A título de curiosidade o Totta e a CGD pediram 250 por mês durante 4 anos e nós conseguimos sem pagar um tostão - é obra não acha - poupamos 12000 euros à Junta mas ninguém fala disso).
Tudo isso foi feito a pensar nas pessoas e nunca na Junta.
Não preciso, sabe. Poderia neste momento trabalhar nas actividades de Enriquecimento Curriculares podendo ganhar 400 euros/por mês para além do meu ordenado e não quis.
Curiosidade: eu ganho 260 euros/mês na Junta de Freguesia onde.
Materialismo ou estupidez da minha parte.
Talvez ... mas faço isso por amor à minha terra.
Tenho orgulho de ser de Rio de Moinhos e de vir de uma família humilde (o meu bisavó era pastor e tinha um pequeno rebanho de ovelhas).
Sou um ser humano, tenho defeitos e qualidades como toda a gente mas não sou cobarde e não me esconde de ninguém.
Curiosidade: há dois anos riscaram-me o carro junto do café da Lina.
Acha isso Democracia?
Tenho a inteligência de escrever tudo o que faço e de tirar fotografias antes e depois das coisas mudarem.
Reservo-lhe um compêndio de tudo aquilo que fiz como Presidente da Assembleia (2001-2005) e Presidente da Junta (2005-2009).
Será a minha resposta a sua crítica do trabalho realizado por este executivo.
Para terminar digo-lhe com toda a franqueza, sou independente e nunca serei militante de nenhum partido político.
Sabe porquê?
Todas as decisões, quer pessoais, quer políticas têm de ser estudadas (Umas podem resultar no determinado local e falhar num outro).
Sou um grande defensor de políticas adequadas as pessoas e aos locais onde intervimos.
Aprendi a pensar e não a ver a cor do partido.
Pode ver as minhas intervenções e decisões na Assembleia Municipal e nas reuniões de CMA.
Qualquer dúvida, terei todo o gosto em recebê-lo na Junta. Basta marcar...
Rui André
De Nelson Lino a 11 de Outubro de 2008 às 15:28
Caros comentadores e leitores do blogue, embora eu não tenha nascido e sido criado em Rio de Moinhos, resido cá há 13 anos e como tal, tempo suficiente para poder enunciar algumas das obras efectuadas por anteriores executivos, e passo a citar:
- Ampliação do cemitério, alcatroamento da rua do Canto, limpeza das ruas, Etar , Jardim de Infância de Rio de Moinhos, calcetamento da rua do Tejo, limpeza das canas no caís do Tejo, limpeza e corte das ervas no cemitério, jardim da Fonte da Chã, frota automóvel e maquinaria (que é feito dela?), posto dos CTT na junta de freguesia, o polidesportivo (o qual não tem manutenção e que se diz que vai ser destruído por esta Junta), limpeza da Ribeira do Zinco, entre outras… O centro de saúde também é “obra” do Sr. Joaquim Bento, embora tenha sido aprovado só em 2005, devido ao parecer negativo do INAG .
Tudo deve ser facilmente comprovado nas actas da Assembleia de Freguesia e pelo povo que reside em Rio de Moinhos e que não coma muito queijo, limiano ou não....
Em relação à alteração do trânsito, a reclamação que fiz, foi por me quererem fechar as portas ao meu ganha-pão, e não por fazer km a mais. E agradeço à CMA por ter respondido à minha reclamação!
Não tenho medo, não sou cobarde e como tal não tapo a cara.
Cumprimentos,
Nelson Lino
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Caros comentadores e leitores do blogue, embora eu não tenha nascido e sido criado em Rio de Moinhos, resido cá há 13 anos e como tal, tempo suficiente para poder enunciar algumas das obras efectuadas por anteriores executivos, e passo a citar: <BR>- Ampliação do cemitério, alcatroamento da rua do Canto, limpeza das ruas, Etar , Jardim de Infância de Rio de Moinhos, calcetamento da rua do Tejo, limpeza das canas no caís do Tejo, limpeza e corte das ervas no cemitério, jardim da Fonte da Chã, frota automóvel e maquinaria (que é feito dela?), posto dos CTT na junta de freguesia, o polidesportivo (o qual não tem manutenção e que se diz que vai ser destruído por esta Junta), limpeza da Ribeira do Zinco, entre outras… O centro de saúde também é “obra” do Sr. Joaquim Bento, embora tenha sido aprovado só em 2005, devido ao parecer negativo do INAG . <BR>Tudo deve ser facilmente comprovado nas actas da Assembleia de Freguesia e pelo povo que reside em Rio de Moinhos e que não coma muito queijo, limiano ou não.... <BR>Em relação à alteração do trânsito, a reclamação que fiz, foi por me quererem fechar as portas ao meu ganha-pão, e não por fazer km a mais. E agradeço à CMA por ter respondido à minha reclamação! <BR>Não tenho medo, não sou cobarde e como tal não tapo a cara. <BR>Cumprimentos, <BR>Nelson Lino <BR class=incorrect name="incorrect" <a>P.S</A> Recordo que o autarca do queijo limiano se chama Daniel Campelo <BR>
De riodemoinhos a 11 de Outubro de 2008 às 19:02
Ex.mo Sr. Lino.
Os meus cumprimentos por ter comentado no blog.
As obras que referiu foram de facto realizadas.
Já o disse anteriormente que os executivos anteriores fizeram aquilo que podiam na altura devida.
Não os critico por isso.
No entanto, gostaria de esclarecer algumas situações descritas.
1. O posto dos CTT é obra sim do executivo do Sr. Manuel Pires (existe na Junta o protocolo assinado por ele no ano de 2002). Este executivo conseguiu sim renegociar com os CTT um subsídio de 500 euros mensais desde do mês de Abril deste ano em vez dos 100 euros por mês que recebia - o que dá 4800 euros a mais por ano (não foi fácil mas conseguimos).
2. O polidesportivo feito pelo Sr. Joaquim Bento vai ficar como está e este executivo não o vai destruir pura demagogia.
O que este executivo vai fazer sim, é transformar o campo de basquetebol num parque infantil (viste não existir nenhum em Rio de Moinhos. O anterior não oferecia nenhuma garantia de segurança - ou seja estava ilegal).
A extensão de Saúde iniciou-se de facto no mandato do Sr. Joaquim Bento mas somente o projecto e não o seu financiamento.
O mandato do Sr. Manuel Pires teve paciência e conseguiu a aprovação total do projecto.
Este executivo está a fazer as obras mas teve de arranjar 120 mil euros (quando a Junta tem um orçamento de 35 mil euros anuais).
A CMA deu um subsídio de 60 mil euros a esta Junta e esta vai tem de arranjar os outros 60 mil.
Se fizer as contas não é fácil de conseguir.
São precisos dois anos de orçamento somente dedicado à extensão de saúde.
Mas vamos conseguir para o bem da nossa população.
Esta não é obra com o nome x ou y, é uma obra de todos e onde vários executivos trabalharam.
Tenho dito nas Assembleias que esta Junta não poderia fazer mais coisas na freguesia porque tinha o seu principal objectivo - Construir e pagar na totalidade da nova Extensão de Saúde.
Não vou agora nem preciso fazê-lo, uma lista das obras que já fizemos neste executivo.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Ex.mo Sr. Lino.
Os meus cumprimentos por ter comentado no blog. <BR>As obras que referiu foram de facto realizadas. <BR>Já o disse anteriormente que os executivos anteriores fizeram aquilo que podiam na altura devida. <BR>Não os critico por isso. <BR>No entanto, gostaria de esclarecer algumas situações descritas. <BR>1. O posto dos CTT é obra sim do executivo do Sr. Manuel Pires (existe na Junta o protocolo assinado por ele no ano de 2002). Este executivo conseguiu sim renegociar com os CTT um subsídio de 500 euros mensais desde do mês de Abril deste ano em vez dos 100 euros por mês que recebia - o que dá 4800 euros a mais por ano (não foi fácil mas conseguimos). <BR>2. O polidesportivo feito pelo Sr. Joaquim Bento vai ficar como está e este executivo não o vai destruir pura demagogia. <BR>O que este executivo vai fazer sim, é transformar o campo de basquetebol num parque infantil (viste não existir nenhum em Rio de Moinhos. O anterior não oferecia nenhuma garantia de segurança - ou seja estava ilegal). <BR>A extensão de Saúde iniciou-se de facto no mandato do Sr. Joaquim Bento mas somente o projecto e não o seu financiamento. <BR>O mandato do Sr. Manuel Pires teve paciência e conseguiu a aprovação total do projecto. <BR>Este executivo está a fazer as obras mas teve de arranjar 120 mil euros (quando a Junta tem um orçamento de 35 mil euros anuais). <BR>A CMA deu um subsídio de 60 mil euros a esta Junta e esta vai tem de arranjar os outros 60 mil. <BR>Se fizer as contas não é fácil de conseguir. <BR>São precisos dois anos de orçamento somente dedicado à extensão de saúde. <BR>Mas vamos conseguir para o bem da nossa população. <BR>Esta não é obra com o nome x ou y, é uma obra de todos e onde vários executivos trabalharam. <BR>Tenho dito nas Assembleias que esta Junta não poderia fazer mais coisas na freguesia porque tinha o seu principal objectivo - Construir e pagar na totalidade da nova Extensão de Saúde. <BR>Não vou agora nem preciso fazê-lo, uma lista das obras que já fizemos neste executivo. <BR class=incorrect <a name="incorrect">Fá-lo-é</A> /A&gt; no final do mandato, prometo-lhe mas ainda falta um ano. <BR>Penso que não podemos comparar o trabalho dos executivos e até mesmo das Assembleias visto sermos diferentes e termos sensibilidades próprias. <BR>A forma como este executivo tem levado e negociado com a CMA alguns assuntos, fê-lo de outra maneira. Mas uma coisa lhe digo. <BR>Na CMA , as pessoas conhecem e respeitam o executivo desta freguesia de Rio de Moinhos e sublinham à sua persistência. <BR>Nós queremos fazer o melhor para a nossa terra, temos talvez caminhos diferentes mas o objectivo é o mesmo. <BR>As pessoas falarem sobre os diversos assuntos é bom. O que falta é existir uma participação mais efectiva nos lugares próprios. <BR>Veja bem: numa Assembleia do ano de 2006, uma senhora de Rio de Moinhos queria por força falar sobre um determinado assunto. O presidente da Assembleia disse-lhe para ela aguardar pela vez dela na altura própria. Conclusão: saiu da sala dizendo que isto era uma ditadura. <BR>Há falta de formação cívica na nossa terra. As pessoas não sabem como podem participar tb sei que elas não têm culpa mas tb não tem razão na sua atitude - devemos sim educá-las a participar correctamente, cada um com a sua opinião, claro). <BR class=incorrect <a name="incorrect">Relativament</A> </A>ao trânsito fez correctamente a sua participação à Junta e à CMA - um bom exemplo de participar nesta democracia. o contrário de outros que pintam os sinais como forma de desacordo. <BR>Agradeço mais uma vez o seu comentário e convido-o a ler o meu último post (O porquê das coisas...). <BR>Boa leitura e participe com ideias, sugestões ou comentários. <BR>Um abraço <BR>Rui André - Presidente (independente) da Junta de Freguesia
De Amigo da Terra a 11 de Outubro de 2008 às 22:34
Caros leitores e Riomoinhenses em geral, as minhas saudações.
Sr. Nelson Lino, começo por cumprimentá-lo e agradecer-lhe o comentário que me dirigiu. Desde já fico satisfeito por concordarmos na questão relativa aos "genuínos" de uma determinada localidade que se acham donos e senhores em tomar decisões sobre o sítio onde nasceram. Felicito-o por ter decidido estabelecer-se em Rio de Moinhos e acarinhar a Nossa (e Sua) Terra!
Quanto ao meu anterior comentário, referi, se bem se lembra, que não queria criticar os anteriores executivos, apenas "defender" o actual executivo (peço desculpas ao actual executivo, por estar a tentar defendê-los sem a vossa autorização, mas também sou eleitor e não posso concordar com as críticas que vos são feitas!) Volto a referir que os anteriores executivos fizeram o que sabiam e podiam, e agradeço algumas obras que referiu, e muito bem, apesar de algumas... limpezas e arrancar ervas não podem ser consideradas obras e que, pelos vistos, outras obras por si mencionadas são da responsabilidade do executivo do Sr. Manuel Pires. É lógico que o actual executivo também terá outros projectos que talvez serão implementados por futuros executivos, portanto não se pode criticar só por criticar! Apenas há que ser justo e apoiar este executivo , tal como os que lhe seguirão, em prol do desenvolvimento da nossa Terra. Dizer que este executivo é prepotente, arrogante e que nada fez sem ser o passeio dos idosos, irá de certo concordar que é desleal e que são críticas de pessoas que apenas se limitam a dizer mal e que, mesmo com as obras a frente continuam a não quererem ver nada. O pior cego é aquele que não quer ver! Espero que os Riomoinhenses se juntem para apoiar este executivo (Junta e Assembleia), os que se lhe seguirão, bem como as colectividades, a bem na Nossa Terra!
Os meus cumprimentos para o Sr. Rui André ( responsável pelo Blog), aos seus colegas/amigos e companheiros da Junta/Assembleia de Freguesia e a todos os Riomoinhenses (da Freguesia) quer aos que moram na Terra, bem como aos que estão por este país e Mundo fora.
Viva Rio de Moinhos!
De Bruno Jacinto a 7 de Outubro de 2008 às 18:39
Gostaria de fazer algumas considerações acerca da situação do trânsito:

1.A população como principal interessada devia ter sido ouvida antes destas alterações, e não foi!

2.A Câmara fez as alterações a pedido da Junta, e não por sua autorecreação, tendo mandado um primeiro esboço ao Sr. Presidente da Junta que o aprovou sem defender os interesses da população.

3.A prova de que as alterações foram feitas "à là gardere" é que algumas das alterações discutidas na assembleia extraordinária já foram completamente alteradas.

4.Existem sinais já colocados que contradizem outros, e alguns até fora do local onde deveriam estar, já para não falar de que existem locais onde faltam sinais e nem sequer está previsto lá serem colocados. Como se pode fácilmente constatar!

5. Eu se não habitasse em Rio de Moínhos também acharia muito bem que o trânsito fosse alterado, pois não seria vindo cá uma vez por graça que isso me iria afectar.

6. Nas outras localidades tentam preservar as escolas de todos os perigos, na nossa, inacreditávelmente, coloca-se o trânsito a passar-lhe à porta.

7. Os estacionamentos, afinal a principal causa dos engarrafamentos e um problema que esta Junta prometeu resolver!, não teem previsto qualquer tipo de intervenção. Tendo até tendência a piorar pois já ouvi dizer "...agora que só tem um sentido já não é preciso arrumar o carro muito bem..."

8. Se a população de Rio de Moínhos fosse unida, como noutras localidades, talvez esta situação ainda pudesse ser alterada, mas com cada um a defender os seus interesses, dúvido!

Para terminar: Será que o Sr. Presidente da Junta ainda continua a defender a construção das escolas? E se fosse agora ainda ia querer a alteração do trânsito?
Eu sei que responderia que sim, até lhe ficava mal dizer o contrário, mas eu tenho as minhas dúvidas!...
De CLUBE PROTECÇÃO CIVIL a 9 de Outubro de 2008 às 22:09
Ex.mo Sr. Bruno Jacinto
Agradeço o seu comentário neste meu blog pessoal (e não da Junta de Freguesia como alguns pensam).
Este meu blog visa expor diversos temas e actividades da freguesia - pena existir só este blog.
Relativamente as suas afirmações acima descritas tenho a dizer o seguinte:
1. A população não foi ouvida porque a CMA assim o decidiu como decide não consultar nenhuma freguesia sobre esta temática, nem mesmo o seu presidente da Junta. (ex. há poucos dias duas localidades, Rossio e São Vicente mudaram o sentido de algumas ruas importantes e nenhuma assembleia foi realizada para o efeito). Em Rio de Moinhos, o executivo achou por bem dar uma explicação sobre as alterações e ouvir as pessoas sobre as mesmas.
2. A CMA está a fazer alterações em todo o concelho, não ao mesmo tempo mas gradualmente. Como disse na Assembleia extraordinária, este executivo fez o pedido à CMA para que este resolvesse o problema da fluidez do trânsito na aldeia. O executivo não recebeu nenhum esboço da CMA e desafio a comprovar esta afirmação grave porque é pura mentira (cá espero a confirmação da sua afirmação e não me diga que alguém lhe disse e que não quer dizer. Eu desafio a ir comigo à CMA falar com o Sr. Vereador e técnicos do trânsito para confirmar a sua grave afirmação - eu insisto nesta matéria, para clarificar esta situação). Por isso, o executivo da Junta não aprovou nada daquilo que afirma (pode consultar o livro das actas do executivo e mesmo da Assembleia viste estas duas entidades não poderem por lei aprovar aquilo que não pode) mas sim foi a CMA é que aprovou na reunião de câmara (pode consultar a acta da CMA ) porque foi autor deste projecto. A CMA envia o edital, nós afixamos nos placares.
3. A Assembleia extraordinária serviu e disse-o no início para esclarecer o edital que estava confuso e não muito claro. NUnca foi para aprovar nada mas sim ouvir as sugestões e que estas seriam entregues numa reunião posterior ao Dr. Pina da Costa (como foi no dia 3 de Outubro mas com o pedido da Junta do dia 19 de Setembro: pode consultar o ofício enviado à CMA , é público). 4. Se há falta de sinais e sinais que contradizem outros então deverá deslocar-se a CMA , divisão do trânsito e expor as suas dúvidas.
5. Como disse, o problema do trânsito tem de ser visto de todos os quadrantes: residentes, comércio, pessoas que passam todos os dias e que não são da freguesia. (posso lhe dizer que até o presidente da CMA acha que o trânsito era caótico: palavras dele na Assembleia Municipal de Dezembro de 2007).
6. Como professor de profissão e dirigente sindical há 7 anos (conheço todas as escolas de 8 concelhos) lamento informar mas o Bruno não conhece a realidade desta região para não falar do país (se quiser fazer uma visita guiada há algumas escolas, podemos combinar um dia, teria todo o gosto). E mais tenho lá um filha e tenho um grande carinho para todos os outros.
Sabe porquê? porque foi este executivo que restaurou as duas casas de banho, fez o refeitório, a biblioteca escolar, pintou os dois edifícios (há mais de 20 anos que não eram pintados); acimentou com ajuda dos pais o recreio de uma escola. Para além a implementação do Projecto Mocho XXI e Actividades de Enriquecimento Curricular (ambos da CMA ).
8. As pessoas de Rio de Moinhos são diferentes e eu respeito as opiniões de toda a gente embora nem sempre concorde com elas (é assim a democracia).
9. Para sua informação, a 1ª carta escolar nenhuma escola ficava aberta na freguesia. Graças a este executivo e sobretudo aos meus conhecimentos na educação (relativo as leis da educação, claro) conseguiu-se que a 2ª carta educativa fosse introduzido a construção de um novo centro escolar em Rio de Moinhos para os alunos das freguesias de Rio de Moinhos, Aldeia do Mato e Martinchel. Na discussão da carta educativa não vi nenhuma pessoa da freguesia de Rio de Moinhos para defender o novo centro escolar. Vi lá sim 100 pessoas da freguesia de Mouriscas que perderam a sua escola EB 2,3.
Admite que o Bruno não saiba disso mas estou completamente aberto para falar consigo e explicar tudo aquilo que se consegui em prol da nossa freguesia nos últimos 3 anos.
Fico à sua espera.
Os meus cumprimentos autarquicos.
Rui André - Presidente (independente) apoiado pelo PSD.
De Bruno Jacinto a 10 de Outubro de 2008 às 18:21
Sr. Presidente quanto ao ponto da minha carta em que digo que lhe tinha sido enviado um esboço que o senhor aprovou, não se tratava de uma afirmação, pois não tenho provas para isso, mas sim de uma pergunta que visava algo ter sido feito na nossa localidade sem o conhecimento do seu presidente de junta, peço desculpa pela imprecisão, mas é que nem toda a gente sabe jogar com as palavras! Quero dizer-lhe que se assim foi acho bastante grave, pois quem mais pode conhecer, e ajudar a contornar os problemas da nossa população senão o seu lider democráticamente eleito. Em relação às escolas mantenho que colocar-lhe o trânsito a passar-lhe à porta é algo de bastante perigoso, esperando que não seja necessário ali haver um acidente para que sejam tomadas outras medidas. Quanto à opinião do Sr. Presidente da Câmara, que eu curiosamente nunca vi passar em Río de Moínhos, espero que quando ele na Rua Dr. João de Deus, entre o Largo 5 de Outubro e a Rua do Canto se tiver que cruzar com outro veículo não ache que afinal todas estas alterações apenas mudaram de sítio os engarrafamentos na nossa localidade. Sem mais apresento-lhe os melhores cumprimentos, desejando que o senhor defenda sempre o que for melhor para Rio de Moìnhos e para o Ríomoinhenses.

Comentar post

Cais de Rio de Moinhos - seu encanto, sua beleza on PhotoPeach

.A minha filosofia de vida consiste em caminhar até a verdade. O meu caminho, a minha experiencia dependem do meu futuro. De qualquer forma só vou atingir o grau mínimo quando estiver preparado para receber a chave do outro mundo ... do meu mundo... Oxalá


MusicPlaylist
MySpace Playlist at MixPod.com

.posts recentes

. Mudança de endereço do bl...

. Magusto em Amoreira

. VESTIGIOS ARQUEOLÓGICOS

. Sr. Mota - última homenag...

. Cemitério de Rio de Moinh...

. São Martinho em Rio de Mo...

. Associação Juvenil Remoin...

. Convite aos cibernautas

. Sr. ÁLVARO SANTOS PEREIRA

. ASSOCIAÇÃO JUVENIL REMOIN...

.arquivos

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas Online

.Geomap

outils webmaster
criação sitio

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.pesquisar

 

.Sites por consultar

relojes web gratis